Social Media Day Portugal

Transcrição da apresentação de Vasco Marques no Social Media Day Portugal, no
dia 30 de Junho de 2012 em Vila Nova de Gaia. Com o tema “Para além do Facebook”
no painel Open Sessions – Tempo para aprender com os melhores. Pode ver mais
informações em www.smday.pt

Para além do resumo da apresentação, foi adicionada alguma informação
complementar e links relacionados.

Testar, testar, testar

Grandes empreendedores, falharam muito. E continuam a falhar. Os que aprendem
rapidamente e persistem, acabam por alcançar grandes realizações, especialmente
aqueles que adoram o que fazem e estão interessados na viagem e não no destino.
Na web, devido ao reduzido investimento, consegue-se rapidamente testar quais as
melhores estratégias.

Claro que deve fazê-lo da forma mais assertiva e inteligente que for capaz, mas
nunca foi tão fácil criar negócios on-line, mas também nunca foi tão fácil fazer
as coisas da forma errada apesar de existir muita informação disponível.

Estar no facebook não chega. É essencial ter uma estratégia online, um website
que corresponda às necessidades do negócio e devidamente integrado com social
media.

Todas as soluções que vamos apresentar são totalmente gratuitas ou têm custos
muito reduzidos.

1 – FACEBOOK

Fan-gate: crie uma imagem apelativa para uma fan-gate (o utilizador tem
de ser tornar fã para ver o conteúdo), indicando claramente a oferta com uma
imagem simples e criativa. Depois decida qual a oferta que tem para dar.
Pense… de certeza que tem algo interessante que os seus potenciais fãs querem
muito. Pode ser um ebook, vídeo, áudio, downloads, revista, apresentação,
tutorial ou formação. Se não tem, pode produzir ou usar algo livre de direitos
de autor (existe muito bom material à solta na web). Para isso pode usar um site
social media de modo a disponibilizar esse recurso: box.net, issuu, scribd,
slideshare, prezi, cooliris, soundcloud, ustream e tantos outros. Crie um short
url (bit.ly) diretamente para a fan-gate e publique em outros canais (vídeos,
site, email, twitter, IM, social media, etc), para que possa maximizar esta
forma de ganhar mais fãs. Utilize a aplicação
www.woobox.com  ou pode
criar uma página no Wix

email+fã: ganhar um fã pode não ser suficiente, o e-mail também é
importante. Para isso crie uma fan-gate com imagem apelativa, mas em vez de
aparecer a oferta quando se torna fã, coloque o formulário da sua newsletter
(e-goi, feedburner, aweber, etc) para inscrever na newsletter, onde o fã irá
receber o link com oferta na confirmação de inscrição. Algo simples de
implementar e que irá proporcionar melhores resultados para vender o seu produto
ou serviço através de comunicação por e-mail, pois a newsletter pode apresentar
taxas de conversão e outros indicadores web mais interessantes que algumas redes
sociais.

Imagens: se partilhar um site, faça print screen da página acompanhado do
respectivo link e descrição, desta forma vai conseguir atrair mais visitas. Se
possível produza imagens tratadas no photoshop ou outras ferramentas e coloque
na descrição um url shortner para fan-gate ou outro sítio. Analise performance
de outras fotos através das estatísticas e veja o engagement noutras páginas
para perceber que tipo de imagens despertam mais interesse.

 


2 – INTEGRAÇÃO

Site: Adicione a caixa gosto, botões addthis, registo pelo facebook,
comentários ou o plugin do facebook para wordpress. Sabia que pode vender
produtos digitais por um like? Basta utilizar plugins para que o utilizador
tenha de clicar no gosto para conseguir fazer download do seu site um ebook,
formação em vídeo ou outro bem digital de grande valor, atraindo assim milhares
de visitas. Pode encontrar aqui estes e outros
plugins muito
interessantes para wordpress
. Centralize a gestão de comunicação no seu
site, agendando posts no seu CMS, que serão propagados automaticamente nos
diversos sites de redes sociais. No entanto a publicação manual deve prevalecer,
por diversas razões.

Loja: crie uma loja no wordpress com um tema responsive (que se ajusta
aos dispositivos e resoluções). Integre num separador do facebook, ficando com
uma loja na sua página. Assim fica centralizada no seu site, mas irá funcionar
no facebook, mobile, tablets, etc.

Social media: Existem muitos sites social media (conteúdos produzidos
pelos utilizadores) que são pouco conhecidos e merecem ser explorados. Aqui
ficam algumas sugestões que tanto pode utilizar nos separadores da página como
publicar no mural: issuu, cooliris, prezi, scribd, slideshare, google forms,
docs, calendário, maps e soundcloud. Aproveite e faça publicidade gratuita no
youtube com link para fan gate incluindo formulário para newsletter.
3 – MOBILE

Reflita nas seguintes questões:

Acede ao facebook via mobile com regularidade?

Tem site mobile?

Qual a percentagem de visitas mobile?

Qual a percentagem de utilizadores que vêm do facebook para o seu site com
dispositivo mobile?

Para responder à última questão aceda ao Google Analytics e clique em Origens de
tráfego>Referências>facebook, depois em cima do lado esquerdo clique em
Segmentos avançados>tráfego telemóveis. Cruzando estes dois pedidos consegue ter
acesso a informação muito interessante.

Como são vistos os conteúdos no mobile, especialmente as imagens? Deve otimizar
imagens para serem vistas facilmente nestes dispositivos.

Site: Crie site e landing page mobile. Pode usar um tema responsive,
instalar plugins para criar site mobile ou recorrer a serviços de conversão,
pode converter com o serviço

Chat: Diferencie disponibilizando um chat para comunicar em tempo real
com o seu potencial cliente, seja no site normal ou mobile. E pode fazê-lo de
qualquer dispositivo através de integração de aplicações e a custo zero. Esta
prática aumenta muito as conversões, tendo como único investimento o tempo a
despender para conversar com os visitantes- é um excelente recurso para os
comerciais da sua empresa. 

Aplicação smartphone: Crie uma aplicação para smartphones e tablets. Não,
não precisa de perceber rigorosamente nada de programação, basta utilizar os
conteúdos que já tem publicados nos diversos sites social media: youtube,
facebook, soundcloud, twitter, flickr, etc. Pode ainda criar páginas adicionais
com informações da empresa, contactos, serviços, etc. É gratuito (até 500
downloads), sendo uma forma de testar um canal de comunicação para verificar
resultados. Para além disso está a impressionar os seus potenciais clientes pela
inovação. Pode começar por criar para os dispositivos que mais visitam o seu
site, poderá verificar essa informação no Google Analytics. 

Esta texto apresenta a informação de forma resumida e prátiva, por isso sinta-se
à vontade para complementat ou lançado questões através dos comentários.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.